Unidade Três Figueiras: (51) 3907-9865 | 3907-9859
Unidade Menino Deus: (51) 3557-9333 | (51) 3557-9444
Unidade Moinhos de Vento: (51) 3377-7374 | (51) 3377-7375

O que pode e o que não pode no pós-parto: ginecologista tira dúvidas sobre os cuidados na quarentena

Logo depois de dar à luz, é mais do que normal que a mulher queira, o quanto antes, retomar suas atividades. Mas nunca é demais lembrar que, mesmo que tudo tenha transcorrido normalmente no parto, é preciso redobrar os cuidados no período após a chegada do bebê.

Batizado de puerpério, o pós-parto costuma durar de 6 a 8 e só chega ao fim quando a mulher volta a menstruar. Principalmente para as mamães de primeira viagem, é mais do que normal que a fase, também conhecida como resguardo ou quarentena, seja cercada de dúvidas e medos que vem lá do tempo da vovó. Para ajudar a esclarecer o que é mito ou verdade, convidamos o ginecologista e obstetra Maurício Sobral, para responder as questões mais comuns. Vem ver:

A mulher não pode lavar a cabeça durante o resguardo?
Mito! Antigamente se acreditava em uma crença de que o sangramento poderia reverter da vagina para a cabeça, deixando a mulher louca, o que não passa de um mito popular. No resguardo não há problema nenhum em manter a higiene em dia lavando os cabelos.

Amamentar pode deixar as mamas caídas?
Mito! O que contribui ou não para isso é a predisposição genética da mama.

Durante a quarentena posso engravidar?
Verdade! Apesar da possibilidade de gravidez nesse período ser pequena por causa da amamentação e também porque a fertilidade retoma normalmente 45 dias após o parto, ela não é impossível. Por isso, o indicado nesta fase é a utilização de um método contraceptivo eficaz de uso permitido durante a lactação.

Deve-se evitar ter relações sexuais durante este período?
Verdade! No caso do parto normal a penetração pode doer, machucar e até causar uma infecção. Já na cesária, além do risco de infecção, pode haver ferimentos na incisão abdominal que está sensível e em processo de cicatrização. Por isso, o mais indicado é aguardar o prazo de 40 dias. Mas nunca é demais lembrar que o sexo pode ser muito mais do que a penetração, não é? Use a imaginação!

É normal sofrer de prisão de ventre no pós-parto?
Verdade! Mas é possível evitar o problema adotando alimentação rica em fibras com mamão, laranja, aveia, alimentos integrais e muito líquido.

No resguardo não se pode praticar atividade física?
Mito! A prática de exercícios leves como caminhada, yoga e atividades de alongamento estão liberadas após 15 dias para os partos normais e 30 para as cesárias.

Após o parto é normal não sentir desejo sexual?
Verdade! Após a retirada da placenta há uma queda dos hormônios que reduzem a libido e afetam a lubrificação vaginal. Além disso, a nova rotina pode fazer com que a mulher deixe o sexo em último plano. Porém, com o tempo, tudo tende a melhorar.

Amamentar ajuda a emagrecer?
Verdade! Isso acontece porque o metabolismo da mãe fica mais acelerado para a produção de leite. Para produzir a substância, as mulheres gastam 400 calorias por dia, o equivalente a 30 minutos de corrida.

Fonte: revista Donna

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*